terça-feira, 8 de setembro de 2009

Sentimentos


Hoje apetece-me falar sobre sentimentos, sobre o amor, creio que todos nós, vivemos o amor de forma diferente, eu, sou uma pessoa que para "amar" alguém, mas amar no verdadeiro sentido da palavra demoro um certo tempo a chegar lá, e grande parte das vezes não chego... posso dizer que amei verdadeiramente duas pessoas, não é fácil arrancarem-me um "amo-te" , pois eu não o digo muitas vezes, prefiro demonstra-lo, acho que é nos actos que se vê realmente quem ama.


Mas e lembrei-e disto porquê????

Isto hoje vem a propósito de uma situação muito caricata de uma pessoa com quem falo que andava mesmo muito mal a sofrer de amor e numa semana já está óptima ....


Hoje as pessoas dizem que gostam e amam e não esquecem e a vida deixou de fazer sentido e mais um monte de coisas, mas depois num espaço de uma semana, já não gostam, já lhes passou o sofrimento todo e estão como novas ... isto é amor?


Será assim??? Serei eu que demorarei tempo demais a esquecer as pessoas que amo, ou serão as pessoas que confundem um simples sentimento de se sentir bem com essa pessoa com "amor".


De qualquer forma fiquei muito feliz por ela, mas fiquei a pensar .... mas tu realmente gostavas da outra pessoa... hummmmm


Boa quarta feira :)


13 comentários:

LionMaster disse...

Não será faxada?

Poderá essa pessoa apenas tentar seguir em frente....

Beijinhos

Eu Mesma! disse...

Quem ama e esquece numa semana não ama...

eu percebo-te porque até hoje pensei que tinha amado mais pessoas que as que realmente "amei"... e isso só se percebe quando... amamos realmente...

existe um misto de sentimentos que facilmente nos trocamos por inocencia, medo da solidão e um sem numero de razões...

tu não amas mal... tu já soubeste realmente o que era amar...

:)
e não...
nunca se esquece um grande amor.. aprendemos a viver sem ele sim mas... nunca se esquece

Bruxinha disse...

LionMaster

Faxada??
Quererás dizer mentirosa, com pouca humildade talvez... hummm não me parece....

Tentar seguir em frente é o que todos fazemos quando tentamos esquecer quem realmente gostamos e esconder isso para quê ...
Não entendo, mas cada um é como cada qual, olha aqui em baixo a Eu mesma é que explica a coisa mesmo bem, vou usar as palavras dela ...

existe um misto de sentimentos que facilmente nos trocamos por inocencia, medo da solidão e um sem numero de razões...

Acho que é isto mesmo lol

Sejas bem vindo

Bruxinha disse...

Eu mesma

Minha querida

Tens toda a razão, eu também pensava que sim, isto é o que faz estarmos na casa dos 30 ehehehe.

Beijinhos

Ricardo disse...

dizem q o tempo de esquecer á 1/3 do tempo que se amou :/ já me faltou mais

Bruxinha disse...

Ricardo

Eu não te quero assustar, mas isso é mentira lol

Já passou muito mais tempo no meu caso e eu ... não esqueci..

Boa sorte para ti :)

Abobrinha disse...

No meu caso, esquecer é uma arte que estou cada vez a dominar com mais mestria. Não tem que ver com a intensidade dos sentimentos mas com a noção de que não adianta estar a morrer de amor por quem não nos liga. É só tempo perdido. Morrer de amor ou sofrer por amor é coisa que só faz sentido em romances. Na vida real não.

Nessa perspectiva compreendo a pessoa de que falas. Mas também já fingir estar óptima quando chorava para dentro. O que é uma estupidez, mas foi preciso (quer por mim quer pelos outros).

Raio de Luar disse...

Olha minha querida, ela é k tem sorte e é esperta, partiu para outra ... ao contrário de nós que andamos a arrastar isto meses, e meses, e meses... gostava de ter essa capacidade de superar as coisas assim num abrir r fechar de olhos, mas ainda não consigo!
Pois, parece que é mesmo amor aquilo que sinto :(

Beijokinhas grandes e boa quarta-feira :)

Bruxinha disse...

Abobrinha

Vamos sempre aprendendo, e concordo ctg, não vale a pena sofrer, dizer isso até que não é dificil, agora parar de sentir é que já não é tão fácil :)

Infelizmente eu não consigo sorrir quando não tenho vontade, os meus amigos já sabem, prefiro ficar no meu canto ;)

Jinhos

Bruxinha disse...

Raio de Luar

Que bom para ela ... e que mau para nós, enfim, cada um é como cada qual, e infelizmente também ainda não consigo colocar o botão no OFF, mas creio que já vai a meio caminho, pelo menos faço um esforço terrivel para isso :)

Jinhosss e um abraçinho cheio de força:)

Sonhadora disse...

Olá bom dia!

Eu não acredito nesses amores que passam assim num instante! Para recuperar de um desgosto de amor, não é um processo fácil, existem várias recaídas, existem muitas lágrimas e muitos sorrisos quando te lembras dos momentos bons! Quando se ama de verdade não nos curamos assim, com um estalar de dedos! Bem eu não me curo... e tal como tu, também só amei 2 "caramelos" mas o primeiro ainda hoje penso nele e posso dizer que foi o grande amor da minha vida! Doze anos depois ainda faz palpitar meu coração e acredito que por muitos anos que viva ele será sempre o grande amor da minha vida! Não acredite que volte a amar como o amei... enfim mas cada um funciona à sua maneira e ama à sua maneira e reage às situações de forma diferente!
Beijinhos

korrosiva disse...

Os amores não se esquecem, fazem parte de nós, da nossa história.
Simplesmente se anulam para que outros façam sentido de existir ;)

beijinhoss

SmS disse...

Huhhhhhhhhhhh cd 1 é cm cd qual...até a maneira e a intensidade dos sentimentos são diferentes de pessoa pr pessoa...será disso?